A blefarite é uma inflamação que se dá nas bordas da pálpebra. Pequenas sujeiras, como se fossem caspas, aparecem nos cílios e também pode causar dores e vermelhidão nos olhos. A doença pode manifestar-se em qualquer idade.

 

Além disso, quando as glândulas se mantém com funcionamento falho e causam a blefarite, há uma alteração em nosso canal lacrimal, o que pode levar aos sintomas do “olho seco”.

 

Quais as causas da blefarite?

 

Geralmente, as causas estão relacionadas à colonização na pálpebra por bactérias da flora normal da pele. Quando há muita oleosidade na pele, esta colonização é exacerbada, o que gera uma disfunção nas glândulas.

 

Outras causas:

 

  • Conjuntivite;
  • Olho seco;
  • Úlceras corneanas;
  • Rosácea;
  • Dermatite.

 

Tratamento

 

Apesar de ser uma doença que não tem cura, apenas controle, a blefarite só fica aparente quando o paciente para de fazer o tratamento.

 

Antibióticos e anti-inflamatórios podem ser tomados dependendo do caso do paciente, mas o melhor tratamento é sempre manter a higiene em torno dos olhos.

 

Uma limpeza diária pode ser feita com um pano sensível para a pele, com um pouco de algum produto propício para os olhos, sempre indicado por um médico. É importante fazer o procedimento com cuidado e com leveza e apenas por fora dos olhos, nos cílios e não dentro. Pomadas e colírios próprios também são indicados para o caso.